14
jun
09

O Carro de Tecido

BMW GINA

Por Thiago Zanoni

Foi-se o tempo que tecidos serviam apenas para fazer peças de roupa, toalhas ou aquelas cortinas que sua avó tem em casa. Como todos sabem, tecidos nada mais são do que uma trama de fibras que, unidas, formam cetins, sedas e as mais variadas qualidades e estampas.

As fibras podem ter origem variada. Podem vir do algodão, do linho, do cânhamo e até mesmo do carbono. Não é de hoje que as fibras de carbono são utilizadas em produtos que variam da vestimenta a outras utilidades. Mas… e se eu dissesse que elas viraram lataria de carro?

Parece improvável, até mesmo mentira! Eu mesmo achei um absurdo quando comecei a ler algumas matérias a respeito. Mas, senhoras e senhores, isto existe.

Sim! Existe e se chama BMW GINA Light Visionary Model.

não é tapeçaria.. é tecnologia!

 

Desde 2008 o Museu da BMW, apresenta um projeto que reúne design, linhas arrojadas e sustentabilidade. O BMW GINA (sigla que, em inglês, significa Geometry and functions In ‘N’ Adaptions), pode ser apenas um projeto-conceito, mas é um sinal da mudança de filosofia de uma das mais famosas montadoras internacionais. Este veículo busca trazer ao público o novo entendimento dos designers desta empresa, que, ao projetar novos carros quebram a cabeça para responder certos questionamentos, tentando aproximar ainda mais os proprietários de seus carros. Estas questões também visam o bem estar de nosso planeta.

GINA é um exemplo indiscutível disso. Sua estrutura, assim como seu exterior, são feitos de fibra de carbono, reduzindo na medida do possível o uso de metais em sua fabricação.

 

Como vimos acima, este carro apresenta tanto em seu exterior como em seu interior demonstração de altíssima tecnologia. Possui uma estrutura inteligente, coberta com um tecido feito inteiramente de fibra de carbono. Sim! Tecido!  Para provar isto, veja novamente o filme e preste atenção nas portas. Você viu alguma maçaneta? Viu as rugas que se formam quando as portas se abrem? Pois é, este veículo é todo coberto por este material flexível e praticamente sem costuras. Se o veículo tem algum dano nesta cobertura, não serão mais necessárias aquelas longas horas e até mesmo dias em uma oficina para que se troque a lataria, isso é coisa do passado. Bastam apenas duas horas de trabalho e a nova cobertura está aplicada!

tanananana... Batman!

 

Até o momento, este carro é apenas um conceito, um ponto de partida para os designers do mundo todo debruçarem-se sobre seus futuros projetos  e repensarem o que estão fazendo, sem esquecer que nosso planeta também depende disso. Mas, como dá para ver, este é mais um passo em direção a um futuro menos dependente da antiga equação “metais+petróleo=lucro”.

Interessou-se em saber mais sobre este projeto? Entre aqui para saber mais.

Agora… cá entre nós… alguém mais, além de mim, gostaria de ter um desses na garagem?

Anúncios

4 Responses to “O Carro de Tecido”


  1. 1 Claudia
    14 junho, 2009 às 6:51 pm

    Olha que interessante! Um carro feito de tecido. Eu quero um de seda na cor pink hauhauhauhauha Não querendo ser preconceituosa, e já sei que as mulheres que lerem este comentário vão querer meu fígado, mas será que nós Fêminas vamos nos adaptar? E o tecido, não vai desbotar com a chuva? mas olha que prático, podemos lavar ele na máquina hauhauahuah…. ai ai ai qta besteira… Então, mto legal o blog e Thiago, escreveste muito bem… migra pra comunicação, tens futuro bjusss!

  2. 2 Rafael
    14 junho, 2009 às 10:46 pm

    Uma tesoura perto deste carro é um perigo!

    imagina… chega na oficina e vem o mecânico com agulha e linha! urauaruru!

  3. 17 junho, 2009 às 5:35 pm

    “mecânico com agulha e linha!” hahaha

    Esse video é meio antigo mas ainda é um conceito. O carro é muito massa, ele ganha mais vida. Ao mudar a estrutura o carro parece outro. Muito legal mas, uma chuva de granito ou uma areia alta acho vc estaria dirigindo um monte de arame, pois o tecido teria ido todo embora.

    http://bazzar216.wordpress.com

  4. 4 Janaina e Osiel
    27 outubro, 2009 às 6:42 pm

    Estamos, eu e meu marido, aqui descutindo as possibilidades deste carro: Ele, completamente cético em relaçao à aplicabilidade do tecido de fibra de carbono na construção de veículos e eu, considerando aceitavel e justificavel esta opção. De minha parte, saliento que, quando se descobriu o raio-laser, muita gente deve ter criticado e duvidado da descoberta mas hoje, depois de percebermos as nossas casas completmanente invadidas por esta tecnologia, nos perguntamos: onde isso começou? Como um carro conceito, é lógico que este veículo não sairá amanhã pelas ruas do Brasil mas em um futuro próximo acredito ser uma possibilidade real, por que não?

    Estaremos aqui esperando por ele,

    Janaina e Osiel


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Baú

Parceiros

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui! LinkLog Uêba - Os Melhores Links Colmeia: O melhor dos blogs


%d blogueiros gostam disto: